Bem Vindo ao Fórum Oficial Š€V€RØŠ™️

Fórum dedicado a todos os amantes dos games Online: Gunbound session 3, Gunbound Thor Hammer e DDtank. Encontre diversos assuntos relacionados a seu game predileto como: tutoriais, entretenimento, Bate Papo, Eventos, Denuncias, Suporte entre outras atrações. Faça parte você também dessa grande Família que a cada dia vem crescendo e conquistando uma legião de adoradores de games Online.

Atenciosamente Equipe Š€V€RØŠ™️

O lado negro de Pokémon #1

Ir em baixo

O lado negro de Pokémon #1

Mensagem por YxDiogoxY em Qua Dez 28, 2011 1:43 pm

Se você acha que isso é sobre um jogo qualquer da série Pokémon, você
está enganado. Este post é sobre uma versão hackeada de Pokémon Red,
chamada de Pokémon Black.
Mas
antes de prosseguir com a leitura deste artigo sugerimos que você faça
duas coisas, abaixo deste parágrafo você verá um player de áudio, apenas
ligue suas caixas de som ou fone de ouvido e pressione o botão de play
para ouvir a melodia (por mais chata que lhe pareça), trata-se da música
de “Lavender Town”, que faz parte do jogo e é essencial para a criação do “clima” deste artigo. Ao decorrer do artigo você saberá o por que.



(Clique no play para ouvir)


Eu sou alguém que você poderia chamar de colecionador de jogos modificados da série Pókemon.
Pókemon Diamond & Jade, Chaos Black, etc… É fantástico a
frequência com que você encontra modificações dos jogos Pokemon no
camelô e em lojas populares. Eles são normalmente muito divertidos. Os
erros de tradução e qualidade baixa acabam os deixando muito engraçados.
Eu sempre conseguia achar a maioria dos que eu jogava online, mas
existe um que eu jamais ouvi qualquer menção sobre ele. Eu o comprei
numa lojinha do centro a aproximadamente 5 anos atrás.
Aqui está uma foto do cartucho, no caso de alguém o reconhecer.
No
inicio do game o professor Oak começa a falar, a partir disso podemos
constatar que trata-se da versão Red, mas depois de selecionar o seu
Pokémon inicial era só olhar lista e você deveria ter em adição o
Bulbassaur, o Charmader ou o Squirtle ou um outro pokémon, GHOST.


O pokémon era level 1, seu sprite era como o dos fantasmas da Pokémon
Tower em Lavender, ele tinha somente um ataque, “Curse” (amaldiçoar), eu
sei que existe um outro ataque com esse nome, mas ele não existia nessa
geração, então ele provavelmente foi colocado no jogo.
O pokémon
adversário não podia atacar Ghost, aparecia na tela de mensagem que ele
estava com muito medo para agir e quando o ataque curse era
utilizado no meio da batalha, a tela ficava toda preta instantaneamente.
O choro do Pokémon adversário era escutado mas um pouco distorcido em
uma frequência bem mais aguda que o habitual, quando a tela de batalha
voltava ao normal o pokémon adversário havia sumido e se você usasse em
uma batalha contra um treinador, quando as pokebolas representando os
seus pokémons fossem aparecer no canto da tela, haveria uma pokebola a
menos.
Para
mim isso tudo deixava subentendido que o pokémon morreu, além disso o
mais estranho é que ao vencer um treinador e ver a mensagem “Red recebeu
$200 por ganhar!”, a mensagem aparecia novamente e se você selecionasse
“Run” a batalha acabaria normalmente mas se você escolhesse “Curse”,
quando retornasse ao mapa poderia notar que o treinador havia
desaparecido. Depois de sair e entrar novamente na área dava pra
notar uma tumba onde estava o treinador, semelhante as que tinha na
Pokémon Tower em Lavender. O jogo muda um pouco depois de derrotar a
“Elite Four”, no entanto… Depois de ver o Hall da Fama, que consistia do
Ghost e vários outros pokémons level 1, a tela cortava para uma tela
preta com a frase: “Alguns anos depois”. De repente o jogo nos leva para
a Pokémon Tower onde pode-se notar um velho parado olhando para as
tumbas.
Dando a entender que este velho é nada mais nada menos
que seu personagem, nesse ponto você não possui mais nenhum pokémon, nem
mesmo Ghost que até este momento era impossível de remover de sua party
depositando no PC.
O mapa está vazio, não existe mais nenhum
NPC, mas as tumbas dos treinadores que foram derrotados durante a sua
trajetória ainda estavam lá, outro detalhe interessante é que não
importava o lugar que você estivesse, a música da cidade de Lavender
continuava em um loop infinito.
Depois de pensar por um momento
dava pra se perceber que na Diglett’s Cave um dos arbustos cortáveis,
que geralmente bloqueiam o caminho, não estava mais lá, permitindo assim
que você retornasse a cidade de Pallet.
Ao entrar na sua casa e
ir exatamente aonde o jogo se inicia a tela corta pra outra tela preta e
começam a aparecer figuras de vários pokémons que foram derrotados pelo
curse. No final, após aparecer a imagem do pokémon do meu
adversário surgem também imagens do Youngster, Gambler e meu rival, mas
ao passo que estes e muitos outros treinadores iam aparecendo a música
da cidade de Lavender começava a ficar cada vez mais aguda, até que na
hora que meu rival surge emergindo em um verdadeiro estrondo demoníaco.


A tela fica preta novamente até que a tela de batalha surge, revelando
você um velho, em contrapartida Ghost aparece do outro lado seguido pela
mensagem: “Ghost wants to fight!”, contudo nesse momento você
está impossibilitado de usar itens, nem mesmo pokémons. Se você tentasse
correr não conseguiria, a única opção era “Fight”.
Escolhendo lutar, automaticamente você usaria o ataque Struggle
(debater-se) que não afetava Ghost e ainda fazia você perder um pouco
do seu HP e na vez de Ghost atacar simplesmente aparecia na tela a
mensagem “…”.
Quando seu HP chegava a um ponto crítico, ele finalmente usava o seu temido ataque “Curse”,
corte para a tela preta pela última vez e independente do que você
fizesse você ficava preso nesta tela, só lhe restando desligar seu Game
Boy. Quando você ligava novamente a única opção era “New Game”, o jogo
havia deletado seu save file.
Eu joguei essa versão
várias a várias vezes, o jogo sempre acabava dessa forma. Várias vezes
eu tentei não usar o Ghost, mesmo sendo impossível removê-lo, nesses
casos no final do jogo não mostrava a foto de qualquer treinador ou
pokémon, a tela apenas cortava direto para a cena final de batalha com
Ghost.
Eu nunca entendi os motivos por trás da criação desse
hack. No entanto ele foi muito pouco distribuido, então não foi por
ganho financeiro. O jogo foi muito bem feito para uma versão hack.
Parece que este hack na verdade queria transmitir uma mensagem através
do jogo, eu não estou muito certo mas seria de que A MORTE É INEVITÁVEL?
Ou apenas injetar morte e horror em um jogo infantil?
No
mundo Pokémon existe algumas coisas muito intrigantes mesmo, eles são
armas mas são seus amigos, eles lutam até a morte mas nunca morrem e
estão sempre te esperando no Centro Pokémon mais próximo, curados e
prontos para outra aventura. Talvez este seja o ponto mesmo, fazer o
jogador se perguntar: “O que acontece quando um pokémon morre?”
E talvez isto seja a coisa mais assustadora, talvez as crianças não se
perguntem isso, mas após jogar esse jogo certamente irão ter essa
dúvida.
Atualmente eu não possuo mais o cartucho, mas não o
perdi, livrei-me dele intencionalmente. Apenas voltei para a lojinha
onde o comprei e vendi ele barato para o primeiro estranho interessado.
Ele achou que o havia conseguido por uma pechincha. Porém eu não contei
algo a ele…
Um dia antes, eu joguei o hack de novo, pela ultima
vez. Eu joguei normalmente como sempre e terminei o jogo. A tela ficou
preta e o jogo congelou, como das outras vezes.
Eu estava pronto
para desligar meu game boy quando o telefone tocou, fiquei cerca de 15
minutos no telefone. Instantes depois ouvi alguma coisa vinda do meu
quarto. Eu entrei no meu quarto, e vi alguma coisa na tela do game boy.
Eu estava excitado, talvez haveria algo mais no hack que eu ainda não
havia descoberto. Peguei o Game Boy e haviam duas luzes vermelhas na
tela. De repente, apareceu uma mensagem sobre as luzes: “Ghost curses you” (Ghost amaldiçoou você)
P.S:
O que você leu acima é o relato de um aficcionado por jogos de Pokémon,
já traduzido em diversas línguas. No início citamos a melodia de
“Lavender Town”, que faz parte deste jogo, na próxima postagem desta
série você verá que esta não é uma “música infantil” comum, ela vai
muito além do que você imagina…



Fonte: http://minilua.com


avatar
YxDiogoxY

Mensagens : 109
Pontuação Severino(a) : 2972
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 25
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://www.diogopokedelix.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O lado negro de Pokémon #1

Mensagem por YxDiogoxY em Qua Dez 28, 2011 1:47 pm

Na primeira postagem falamos sobre uma música conhecida como
“Lavender Town”, antes de mais nada se você não leu a primeira postagem clique aqui e leia, somente prossiga lendo o relato abaixo depois de conhecer a primeira postagem.

Eu
conheci meu melhor amigo no ginásio. Nós dois levamos nossos Gameboys
para a escola um dia e sentamos juntos no almoço quando percebemos que
tínhamos algo em comum. Eu tinha a versão Blue e um Venosaur, ele tinha a
versão Red e um Charizard. Nós batalhávamos sempre que podíamos e nos
tornamos grandes amigos. E os anos se passaram, continuamos a jogar
Pokemon, até mesmo durante o colegial. Passamos por todas as gerações e
versões de Pokémon, as batalhas nunca ficavam sem-graça.
Quando
chegamos à faculdade, nossos caminhos se separaram. Não conversamos
muito depois disso, tínhamos vidas ocupadas na universidade. Eu pensava
que não íriamos mais retomar a amizade que já tivemos um dia. Então,
Pokemon Diamond e Pearl foram lançados em 2007 e nós aproveitamos o
interesse pela série para nos reunir e se divertir. Batalhávamos e
conversávamos através do wi-fi todo dia por algumas semanas após o
lançamento.
Meu amigo me contou que ele planejava jogar novamente
a versão Red que tinha. Havia se passado três meses após o lançamento
de Diamond e Pearl, e não jogávamos mais como antes. Eu perguntei a ele
por que ele queria jogar aquele cartucho velho e empoeirado, e ele
respondeu, “Eu não sei, talvez eu encontre algo que ninguém jamais encontrou antes.” Depois disso eu nunca mais falei com ele.
Mais
ou menos três meses depois, eu recebi uma ligação dos pais de meu
amigo. Ele havia morrido do que diziam ter sido um “ataque intensivo”.
Ele estava sozinho no dormitório até que um colega de quarto, que
infelizmente chegou tarde demais, o encontrou no chão, sem vida, e
estranhamente usando seus fones de ouvido favoritos. Eu corri assim que
pude para ir ao seu funeral. O colega dele, que também foi ao velório,
me informou que alguns dias antes do incidente, meu amigo havia se
tornado obcecado pela cidade de Lavender e sua música. Meu amigo queria
ser engenheiro de som depois de se formar e tinha um ótimo talento com
os sons. Ele podia ouvir sons baixos vividamente enquanto eu falhava em
reconhecê-los.




Eu tive a chance de mexer em seu laptop pela última vez, então eu visitei sua lista de “Itens Recentes”. No topo dela eu li “lavender.wav”.
Juntamente com várias fotos nossas juntos, eu copiei este arquivo.
Devido a minha tristeza pela morte de meu melhor amigo, eu ignorei o
arquivo de áudio até algumas semanas antes de escrever isso. De algum
modo decidi recentemente que eu precisava entender o que acontecera.
Levado
pelo desejo de saber o que causara sua morte repentina, eu abri as
propriedades do som, sem ouvi-lo. Com a seção de descrição do áudio, ele
escreveu, “Tons binaurais”. Até hoje ainda não ouvi o áudio, já que
estou muito emocionalmente perturbado pela morte de Anthony, meu melhor
amigo.
Aqui
termina o relato que há tempos circula na internet, mas ainda há algo
muito curioso. O vídeo abaixo é uma gravação tocando o arquivo em um
software de análise de frequências de áudio (espectrograma). Você pode
observar que a partir dos 8:00 do vídeo, as frequencias formam uma clara
figura de Ghost junto da frase “Leave Now” (saia agora),
formada pelos pokemons Unown. Em seguida, há uma série de sons
destoantes que seguem junto com a música. O estranho é que os pokemons
Unown só surgiriam bastante tempo depois.


avatar
YxDiogoxY

Mensagens : 109
Pontuação Severino(a) : 2972
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 25
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://www.diogopokedelix.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum